top of page
  • Foto do escritorPriscila Lemes Marques

O que o segundo semestre reserva para a construção civil?

Dúvidas? Insegurança? Pé no chão? Os últimos dois anos trouxeram uma série de sentimentos para todos os mercados no mundo tudo.

Aprendemos a trabalhar em um cenário de incertezas e seguimos assim. Por isso, quanto mais estivermos preparados para o que vem pela frente, melhor.

Então, veja só quais são as previsões para a Construção Civil no segundo semestre de 2022.

Estabilidade

A Construção Civil é um dos mercados que mais movimentou a economia no início deste ano e final de 2021.

Gerou novos empregos, não parou e seguiu construindo...

O que não significa que está tudo perfeito para as empresas do ramo. Pelo contrário.

O preço dos insumos subiu absurdamente e ainda não foram totalmente repassados diretamente ao mercado. O que aponta para um aumento nos preços ainda reprimido que pode estar por vir.

Por outro lado, as construções não param e as empresas do setor estão trabalhando a todo vapor. Algumas, até mais que antes de tudo que houve.

Com isso, notamos que o mercado está pendendo para manter-se estável. Nem crescimento acelerado, nem regressão.


Máquinas trabalhando em área de construção. Créditos: Pexels.
Máquinas trabalhando em área de construção. Créditos: Pexels.

Aumento acumulado dos materiais de construção

Como dito anteriormente, os materiais de construção apresentaram grande aumento em seus preços. E, para não reprimir o mercado, estão sendo repassados aos poucos.

É possível perceber que dia após dia há mudanças nos preços dos produtos nas lojas.

Isso se deve ao tempo de recessão na economia devido à pandemia, ao aumento elevado no transporte e nos preços de combustíveis, etc.

Com isso, a tendência é que continuemos a perceber aumento no valor dos materiais dentro dos próximos meses, até que seja controlado.

Equilíbrio entre custo de produção e preço do produto final

As empresas, mesmo com a alta dos preços, estão conseguindo vender os insumos sem redução na demanda.

Isso mostra um alinhamento entre a expectativa do cliente sobre o preço do que está sendo comprado e a realidade do valor.

Os custos para produzir não estão excedendo a ponto de prejudicar a margem das empresas do setor e de reduzir a demanda pelos materiais.

2022 ainda vai dar muito que falar...

Ou construir! Se você está planejando lançar um empreendimento ainda neste ano, aproveite as oportunidades que o setor está oferecendo.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page